na minha inútil tentativa

de ser estrela
virei mar
hoje carrego ele dentro 
de mim
e nas noites
de maré alta
ele escorre pelos meus olhos.

©    Defeiitos