Arranca metade do meu corpo, do meu coração, dos meus sonhos. Tira um pedaço de mim, qualquer coisa que me desfaça. Me recria, porque eu não suporto mais pertencer a tudo, mas não caber em lugar algum.
José Saramago.   (via quoteiros)

na minha inútil tentativa

de ser estrela
virei mar
hoje carrego ele dentro 
de mim
e nas noites
de maré alta
ele escorre pelos meus olhos.

©    Defeiitos